Primeiro dia

O Corpocidade 4 foi aberto na manhã do dia 4 de dezembro. Primeiramente uma rápida mesa de abertura com Naia Alban (diretora da FAUFBA), além de Fabiana Britto (PPGDança – UFBA) e Paola Berenstein (PPGAU – FAUFBA).

Uma palestra de Pasqualino Magnavita (PPGAU – FAUFBA) sobre Subjetividade, Corpo e Arte iniciou o debate. Fabiana Britto e Thais Portela (PPGAU – FAUFBA), interlocutoras do Debate 1, dialogaram com a fala de Pasqualino Magnavita e afirmam que desde o primeiro Corpocidade (2008), vêem discutindo que todas essas coisas (subjetividade, corpo e arte) se fazem juntas e embrigadas num processo de relacionamento entre elas. Eduardo Rocha (FRB) coordenou a mesa.

Pela tarde, aconteceu o debate sobre Alteridade, Imagem, Etnografia. Na fala, ressaltadamente em português, de Alessia de Biase (LAA-ENSA Paris La Villete), a questão da tradução surgiu como uma ligação entre os temas. Segundo Alessia, a tradução – assim como a alteridade, imagem e etnografia – é uma questão de experiência, de contínua negociação. Cibele Risek (IAU – USP) e Xico Costa (CT UFPB) fizeram interlocuções sobre o tema. A mesa foi coordenada por Luiz Antônio Souza (Urbanismo UNEB).

O lançamento da REDOBRA 14 e outros livros fechou o dia.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Corpocidade 4 com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Primeiro dia

  1. O corpocidade ta demais. Super recepção.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s